PLANO DE FORMAÇÃO PARA 2020

NOVAS AÇÕES ONLINE DISPONÍVEIS! (acreditadas e não acreditadas) FAÇA JÁ A SUA INSCRIÇÃO!

CICLO DE WEBCONFERÊNCIAS

A APEI está a organizar um Ciclo de Webconferências, com conferencistas nacionais e internacionais, que se irão estruturar em 6 temáticas diferentes, cada uma das quais envolve 4 sábados, num total de 12 horas de formação acreditada. Mais informações em breve!

ENCOMENDAS (livros e revistas)

Para comprar qualquer livro ou revista editado ou comercializado pela APEI clique nesta ligação

CONTRIBUTO PARA ASSEGURAR A QUALIDADE PEDAGÓGICA EM EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR (3-6 ANOS) EM TEMPO DE COVID19

Contributos de educadores e investigadores e que visam apoiar os educadores, as organizações, as famílias e as crianças nas suas tomadas de decisão, relativas à reabertura dos jardins de infância no dia 1 de junho

CONTRIBUTO PARA ASSEGURAR A QUALIDADE PEDAGÓGICA EM CRECHE (0-3 ANOS) EM TEMPO DE COVID19

A APEI acolheu um conjunto muito alargado de profissionais de educação (educadores de infância, investigadores e outros profissionais com saber especializado em educação de infância), para elaborar um contributo para assegurar a qualidade pedagógica em creche em tempos de pandemia

VANTAGENS EM SER ASSOCIADO DA APEI

Conheça as inúmeras vantagens em ser Associado da APEI! Descontos na formação contínua, seminários e livros. Inscreva-se aqui.

PETIÇÃO PÚBLICA

ASSINE ESTA PETIÇÃO PARA INCLUIR OS 0-3 ANOS NO SISTEMA EDUCATIVO

Propõe-se a alteração da Lei de Bases do Sistema Educativo (artigos 4º, 5º, 30º e 31º da Lei nº 46/86, de 14 de outubro, com as alterações introduzidas pela Lei nº 115/97, de 19 de setembro e Lei nº 49/2005, de 30 de agosto)

Fundamento: Considerando que a educação dos 0 aos 3 anos é um direito da criança, reconhecido na Convenção dos Direitos da Criança (1989), ratificada por Portugal em 1990, considerando que importa haver uma unidade e sequência em toda a pedagogia para a infância, garantindo uma intencionalidade e continuidade educativas entre a creche (etapa 0 –3 anos) e o jardim de infância (etapa 3 – 6 anos) e em consonância com a Recomendação nº 3/2011 do Conselho Nacional de Educação, com as recomendações da OCDE - Early Childhood Education: from 0 to 6 e da União Europeia - Proposal for Key Principles for Early Childhood Education and Care (2014), é objetivo da presente petição solicitar a inclusão da educação dos 0 – 3 anos no sistema educativo, através da alteração da Lei de Bases do Sistema Educativo, passando a educação pré-escolar a designar-se como educação de infância e destinando-se a todas as crianças desde o seu nascimento até à idade de ingresso no ensino básico, independentemente das entidades responsáveis pela sua promoção.

TÍTULO DE ESPECIALISTA EM EDUCAÇÃO DE INFÂNCIA

Condições para atribuição do título de Especialista em Educação de Infância

PROPOSTAS ENVIADAS AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SOBRE A EDUCAÇÃO NOS 0-3 ANOS

A APEI torna pública a proposta que apresentou ao Ministério da Educação relativa à Educação nos 0-3 anos

POSIÇÃO DA APEI SOBRE A REABERTURA DA CRECHE A 18 DE MAIO

Posição da APEI sobre a reabertura da creche a 18 de maio, enviada à Secretaria de Estado da Ação Social

POSIÇÃO DA APEI SOBRE A REABERTURA DAS CRECHES

Torna-se pública a posição da APEI sobre a reabertura das creches e do funcionamento à distância da educação pré-escolar. Um obrigado especial à Fátima Aresta e ao Nuno Gonçalves, inspiradores dos argumentos apresentados

ENCERRAMENTO DA APEI DEVIDO AO COVID19

Tendo em conta a recente evolução do COVID19 em Portugal, a APEI decidiu manter o encerramento da sua sede em Lisboa, até final de 2020. Mantêm-se os contactos habituais em funcionamento (telemóvel e email).

Associado da APEI

Assinante das edições da APEI

Infância na Europa:
Inglês
Português

Receba o Informapei em formato digital

Contactos

Bairro da Liberdade
Lote 9 – Loja 14, Piso 0
1070-023 Lisboa

tel. 213 827 619/20
fax 213 827 621
tlm. 963 142 409

apei@apei.pt

Ver mapa localização


IBAN - PT50003500010001865453089






Apoiada pelo Ministério da Educação (no âmbito de protocolo de cooperação que consigna a afectação de recursos humanos)