Categorias: ,

O Brincar Heurístico na Creche (17,80€)

Paulo Fochi

Associados:

17,80€

Não Associados:

28€

229 em stock

Esperando que possa fomentar o desejo pela investigação e pela reflexão da prática pedagógica, é objetivo deste livro mostrar, através da voz de educadores, coordenadores pedagógicos e diretores, a prática pedagógica com o Brincar Heurístico, caraterizando-se, portanto, como um conjunto de textos pedagógicos em que, ao mesmo tempo que partilha uma trajetória vivenciada, indica pistas aos leitores que desejam inspirar-se e pensar o trabalho com o Cesto dos Tesouros, Jogo Heurístico e Mesa de Experimentação em instituições educativas.

Paulo Sergio Fochi é professor do curso de Pedagogia e coordenador do curso de especialização em Educação Infantil da Unisinos. Ele também integra o corpo docente do curso Docência Inovadora: educação para o século XXI da Pós Educação Unisinos.

É investigador e colaborador do Contextos Integrados em Educação Infantil (USP/ CNPq). Membro da Associação de Profissionais de Educação de Infância (Lisboa/Portugal), Membro da Associação Criança (Braga/Portugal) e Membro do Special Interest Group – SIG Birth to Three (European Early Childhood Education Research Association – EECERA). 

Fochi graduou-se em Pedagogia em 2007 e, nos três anos seguintes, fez especializações em educação infantil e gestão escolar. Em 2013 concluiu o mestrado em Educação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e, em 2019, o doutoramento em Educação na Universidade de São Paulo (USP) e uma pós-doutoramento na Universitat de Barcelona em 2017. 

Paralelamente à formação acadêmica, fundou a empresa Paulo Fochi Estudos Pedagógicos que, esde 2009, oferece formações contextualizadas para profissionais da educação e instituições de educação, além de prestar consultoria para produtos e projetos culturais. 

Fundou o Observatório da Cultura Infantil (OBECI) em 2013, uma comunidade de apoio ao desenvolvimento profissional de profissionais de educação de infância. Atualmente reúne um grupo de seis escolas de quatro cidades do Rio Grande do Sul. 

Entre 2015 e 2016, Paulo Fochi foi um dos quatro consultores e redatores da primeira e segunda versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para a Educação Infantil (Brasil), documento normativo organizado pelo Ministério da Educação (MEC) que traz as aprendizagens essenciais da educação básica.

Índice

PREFÁCIO 7
APRESENTAÇÃO À EDIÇÃO PORTUGUESA 11
OBSERVATÓRIO DA CULTURA INFANTIL: UMA COMUNIDADE DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL 15
As escolas que participam do OBECI 21
As ideias assumidas como guias do trabalho 22
A imagem de criança e a noção de currículo 25
A focagem na vida quotidiana 27
A estratégia da Documentação Pedagógica 28
As estratégias do OBECI 32
Um futuro desejável e possível: o nascimento do primeirolivro do OBECI 37
Referências 42

AS CONTRIBUIÇÕES DE ELINOR GOLDSCHMIED PARA A CONSTRUÇÃO DA PRÁTICA PEDAGÓGICA COM BEBÉS E CRIANÇAS PEQUENAS 47
Breve história de uma grande pedagoga da creche 48
Valores e princípios 52
Abordagem do educador referência 54
Organização do ambiente educativo 57
Qualidade das oportunidades lúdicas 61
Referências 62

CESTO DOS TESOUROS 65
Organizar uma sessão de Cesto dos Tesouros 69
Seleção e organização dos materiais 70
Sugestões de materiais por categorias 75
Organizar o espaço 78
Papel do adulto e consigna 79
Organizar o grupo e o tempo 82
Encerramento da sessão 83
O brincar heurístico na creche – 5
O que nós aprendemos a partir da experiência 85
Mini-histórias da nossa experiência 87
Um Cesto cheio de tesouros e segredos 87
O que fazer com a colher? 88
Referências 90

JOGO HEURÍSTICO 91
Organizar uma sessão de Jogo Heurístico 95
Organizar o espaço 96
Selecionar e organizar os materiais 97
Papel do adulto e consigna 101
Organizar o grupo e o tempo 103
Encerramento da sessão 104
O que aprendemos a partir da experiência 105
Histórias da nossa experiência 108
Investigações silenciosas de Denis 108
As aventuras e desventuras de Martim e a ajuda
da amiga Laís 110
Referências 112

BANDEJAS DE EXPERIMENTAÇÃO 113
Organizar uma sessão de Bandejas de Experimentação 116
Organizar o espaço 116
Selecionar e organizar os materiais 118
Ilha dos não contáveis 118
Ilha dos contáveis 120
Papel do adulto e consigna 123
Organizar o grupo e o tempo 126
Encerramento da sessão 127
O que aprendemos a partir da experiência 129
História e mini-história da nossa experiência 136
Pedro e a areia 136
A peneira na bandeja 138
Referências 140